sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Catabolismo.

A descoberta é domínio da desordem e explosão alienante de múltiplos estímulos caóticos proféticos virais lisérgicos na origem dos efeitos que em mim introjetam a potência furiosa de um grito perfeito que ecoa sem chão sem ar sem jeito e arranca a bateria do chip-consciência e me elege cobaia do botão reset que esse deus desprovido de consentimento bolinou quando tudo já estava acabado metendo um toque equivocado na espessura fresca da tinta que me consagra o eterno replicante e me pinta enganchado às asas depenadas de uma gangue de arcanjos-mensageiros-beatnik com suas auréolas depostas no balcão do bar e suas bençãos imanadas no útero da noite onde arrepia o pavor no qual se cria a coisa a qual almeja refundar o meu entendimento porque me obriga a ir dormir deixando a porta aberta a essa força que age impiedosamente soprando no nariz o pó da descoberta.

0 comentários :

Manifeste-se!


Sobre o blog...

Vivo com Chronos uma relação de contemplação e medo, e à hora de matá-lo minhas mãos balançam: hesito. Meu fracasso é ser menor do que todas as possibilidades, o que é a mais pura condição humana. E numa luta desesperada contra o deus (ou a favor dele?) eu lhe oferto o que ainda me resta... Porque o tempo quer tudo, mas eu só tenho palavras.

Seguidores...

Sobre a dúvida...

"É-nos impossível saber com segurança se Deus existe ou não existe. Por isso, só nos resta apostar. Se apostarmos que Deus não existe e ele existir, adeus vida eterna, alô, danação! Se apostarmos que Deus existe e ele não existir, não faz a menor diferença, ficamos num zero a zero metafísico." - Albert Camus

  © Blogger templates The Professional Template by Ourblogtemplates.com 2008

Back to TOP